Aumento do IPTU em Porto Alegre, convicção e oportunismo na votação, confira votos

Na proposta de revisão do cálculo do IPTU em Porto Alegre população pôde identificar vereadores que defendem moradores contra o abuso de burocratas sedentos por recursos do pobre cidadão e outros que aproveitam a conjuntura e sem convicção ideológica alguma escolhem o jogo sujo político, em detrimento da população.

No primeiro grupo, vereadores que por princípio são contrários ao aumento de impostos, como Felipe Camozzato (NOVO) e Ricardo Gomes (PP), independente de conjunturas (se estão na oposição ou não).

No segundo, partidos da extrema esquerda como PT e PSOL que apesar de dependerem de estado inchado, odiarem a liberdade e cultuarem a burocracia, agora por casuísmo (hoje oposição) são contra o aumento.

Lista completa de votação:

CONTRA o AUMENTO

Felipe Camozzato (NOVO), João Bosco Vaz (PDT), Mauro Zacher (PDT), Márcio Bins Ely (PDT), André Carús (PMDB), Comandante Nádia (PMDB), Idenir Cecchim (PMDB), Mendes Ribeiro (PMDB), Valter Nagelstein (PMDB), Cassiá Carpes (PP), Mônica Leal (PP), Ricardo Gomes (PP), Alvoni Medina (PRB), José Freitas (PRB), Professor Wambert (PROS), Paulinho Motorista (PSB), Fernanda Melchionna (PSOL), Professor Alex Fraga (PSOL), Roberto Robaina (PSOL), Adeli Sell (PT), Aldacir Oliboni (PT), Marcelo Sgarbossa (PT), Sofia Cavedon (PT) e Cláudio Janta (SD).

A FAVOR

Rodrigo Maroni (PODEMOS), João Carlos Nedel (PP), Airto Ferronato (PSB), Tarciso Flecha Negra (PSD), Moisés Maluco do Bem (PSDB), Cassio Trogildo (PTB), Luciano Marcantônio (PTB), Paulo Brum (PTB), Mauro Pinheiro (REDE) e Dr. Goulart (PTB).

O vereador Reginaldo Pujol (DEM) se absteve.

Mais informações aqui.

1 pensamento em “Aumento do IPTU em Porto Alegre, convicção e oportunismo na votação, confira votos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *